O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

    Deveres e Direitos
     

No momento da admissão, o colaborador firma um compromisso com a empresa. De um lado a empresa zelará pelos direitos do colaborador, buscando ampliá-los e procurando garantir-lhe boas condições de trabalho, por outro lado, o funcionário assume deveres e responsabilidades a fim de manter a alta qualidade dos serviços.


Licenças:
Deverão ser comprovadas encaminhadas ao DP. As licenças terão prazo para efetiva comprovação junto ao DP, no entanto, você deverá comunicar o fato imediatamente a sua chefia, para que ela possa prever sua ausência e tomar as medidas necessárias para o bom andamento do serviço.


Licença Médica:
O funcionário que se ausentar do trabalho por motivo de saúde, deverá trazer atestado médico contendo: identificação do funcionário, identificação da instituição que emitiu o atestado, com endereço e telefone da mesma, identificação do médico, com carimbo e CRM, identificação da doença (CID).
Prazo de entrega: o funcionário deverá entregar seu atestado médico no DP imediatamente, e, na impossibilidade de comparecer pessoalmente, você deverá enviar seu atestado através de uma pessoa de sua confiança para tal.

Licença Gala:
O funcionário tem direito a 05 (cinco) dias consecutivos de licença a partir da data de seu casamento no civil.


Licença Nojo/Falecimento:
Conforme cláusula do dissídio coletivo o funcionário terá licença de (03) três dias consecutivos a contar da data do óbito, de cônjuge, parentes ascendentes e descendentes, (pais e filhos) , irmãos ou pessoa declarada em sua CTPS, que viva sob sua dependência econômica. Para tanto deverá apresentar junto ao DP a certidão de óbito.


Licença Paternidade:
Conforme dissídio coletivo o funcionário terá 05 (cinco) dias consecutivos de licença a partir da data do nascimento de seu filho. Para tanto deverá apresentar junto ao DP a certidão de nascimento, no prazo de 08 (oito) dias úteis.


Salário Família:
É um direito do funcionário que recebe abaixo de R$798,30 (bruto), uma cota para cada filho menor de 14 anos ou inválido, mediante apresentação da certidão de nascimento e carteira de vacinação, além do comprovante de escolaridade dos maiores de 6 anos.

 

Voltar